Movimento Parque Verde

Assina a Petição

 

 

 

terça-feira, julho 04, 2006

O Exemplo de Cavaco

Cavaco Silva teve um pai exemplar.
Quando chumbou no 8.º ano de escolaridade, o pai colocou-o a trabalhar no duro, nas férias. Cavaco aprendeu a lição. Nunca mais chumbou. Tornou-se professor universitário e Presidente da República. Cavaco silva teve um pai e não uma ministra a dizer-lhe que a culpa era dos professores. Se tivesse uma ministra, Cavaco não estudaria, não aprenderia nada, não tirava nenhum curso e hoje seria um anónimo proprietário rural em Boliqueime, uma aldeia desconhecida de todos.
Felizmente Cavaco teve um pai exemplar!!!

Comments on "O Exemplo de Cavaco"

 

<Anonymous Bukáje said ... (2:32 da tarde) : 

Concordo e tenho muita admiração pelo actual PR. No entanto, parece-me que ele anda um pouco esquecido da lição que o pai lhe deu, porque concorda com a senhora, que dizem ser ministra ( as letras são minusculas porque têm de estar de acordo com a categoria da pessoa).
Mas também há alguns professores que todos os dias "dão o ouro ao bandido" porque contribuem fortemente para que a senhora, que dizem ser ministra, tenha em alguns aspectos razão.
Às vezes é necessário arranjar confusões para justificar a existência de determinadas organizações que "dizem" defender quem trabalha.
Se houver diálogo e compreensão tudo se resolve, mas a ânsia do poder faz esquecer estes valores.

 

<Blogger Ricardo said ... (4:09 da tarde) : 

Pode-se culpar quem melhor enterdermos ser a culpa do actual sistema de ensino, mas a verdae é que os alunos também não ajudam nada. Faz lembrar o passado jogo Portugal-Holanda quando a culpa da indisciplina foi atribuida ao árbitro. A verdade é que os jogadores também não ajudaram. Grande parte dos alunos não se interessa pela escola e depois em casa também não há incentivo por parte dos pais (salvos as devidas excepções). Na minha opinião há aqui um ciclo vicioso. Os alunos desmotivados levam à desmotivação dos professores e estes à desmotivação dos proprios alunos. Tem que se exigir mais dos alunos e dos pais dos alunos. O Aluno tem de querer aprender, ser motivado, e aí a familia tem uma importancia fulcral. Não se pode culpar o sistema e os ministros só para arranjar bodes espiatórios. O problema é mais profundo, é social e cultural!

 

<Anonymous Bukáje said ... (5:00 da tarde) : 

Não é minha intenção entrar em diálogo, apesar de ser salutar sempre que haja educação e respeito pelos outros, como é o caso do comentário do meu companheiro de escrita no "blog" do José António e do Nuno Soares e por isso vou acrescentar mais alguma coisa.
Concordo totalmente com o que está escrito no comentário anterior. No meu comentário em referia apenas os professores e a senhora, a quem chamam ministra, mas de facto reconheço que existe um parâmetro extremamente importante que é a familia e os principios que ela tem a obrigação de dar, ensinar e obrigar a praticar aos seus filhos. Infelizmente os valores e os principios são cada vez mais despresados e a familia tem abdicado da sua responsabilidade social e civica. Mas para isso tem contribuído fortemente aos grupos politicos e alguma comunicação social, que em vez de formar, deformam e até tentam destruir a familia, corroendo-a lentamente, sem nós nos apercebermos disso.
Faço minhas as suas palavras: "O problema é mais profundo, é social e cultural". Mas o mais grave é que não vejo pessoas com garra para pelo menos a curto prazo (já não tenho a veleidade de dizer de imediato, porque é impossível)nos indicarem o caminho a seguir e mudar o rumo desta situação.
Mas não percamos a esperança e a fé de que hão-de vir dias melhores.
Um abraço a todos.

 

<Blogger Ricardo said ... (5:39 da tarde) : 

Sim, de facto também não vejo pessoas com garra para mudar alguma coisa, mas se não fizermos nada para melhorar a nossa própria vida, não são outros que o vão fazer! e isso passa por aproveitar ao máximo o melhor que há.
cumprimentos.

 

<Anonymous Anónimo said ... (5:26 da tarde) : 

Here are some links that I believe will be interested

 

<Anonymous Anónimo said ... (10:42 da tarde) : 

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»

 

<Anonymous Anónimo said ... (7:37 da manhã) : 

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»