Movimento Parque Verde

Assina a Petição

 

 

 

quarta-feira, setembro 06, 2006

New Bedford - Portugal na América

Um pouco de História

New Bedford é uma cidade do Condado de Bristol no Estado de Massachusetts, a cerca de 90 km a sul de Boston com uma população de 93.768 habitantes (segundo o Census de 2000).
É apelidada de “The Whaling City”, a cidade da pesca da baleia, devido ao facto de ter sido um dos principais Portos da Industria da Baleia, tendo mesmo um museu dedicado ao tema, o “
New Bedford Whalling Museum”.
Juntamente com Fall River é uma das maiores cidades da costa sul de Massachusetts
Durante a primeira metade do século XIX, atraídos pela indústria da pesca da baleia, os portugueses começaram a instalar-se em New Bedford, vindos principalmente dos Açores. Após fazerem uma ou mais campanhas, muitos acabaram por ficar. Aliás, nessa altura, New Bedford era conhecida como a Capital Portuguesa dos Estados Unidos. No início do século XX, esta era a cidade americana com maior população portuguesa, 7.300 de primeira geração e 4.600 já nascidos nos Estados Unidos, de pais portugueses, constituindo cerca de 16% da população total da cidade. Durante todo o século XX a emigração portuguesa para os Estados Unidos foi aumentando, não só por culpa da pesca da baleia entretanto extinta, mas em busca de uma vida melhor que a que tinham em Portugal, trabalhando na pesca do bacalhau, nas industrias têxteis e de transformação

Números actuais

A Califórnia, com 330.974 habitantes de origem portuguesa (1 por cento da população total), continua a ser, segundo o recenseamento populacional do ano 2000, o estado norte-americano com o maior numérico de portugueses e seus descendentes, apesar de o total ser inferior aos 356.495 portugueses e seus descendentes do censo de 1990.
O Estado de Massachusetts, com 279.722 habitantes de origem portuguesa (4,4 por cento da população total) vem numericamente em segundo lugar, seguido de Rhode Island, 91.445 (8,7%), e New Jersey, 72.196 (0,9%). Há habitantes de origem portuguesa em todos os estados norte-americanos.
Mesmo no gélido estado do Alasca, o Census 2000 contou 2128 pessoas de origem portuguesa, que constituem 0,3 por cento da população.
A população portuguesa no Estado de Massachusetts, com 4,4%, é tão marcante que justifica a existência de jornais escritos em Português como o “
Portuguese Times”, ou “O Jornal


A emigração na Cova Gala

Na Cova Gala a emigração para os Estados Unidos em busca de uma vida melhor foi mais notória a partir de meados do século XX.
Famílias inteiras viajaram para a América, principalmente para New Bedford para lá se estabelecerem e trabalharem, essencialmente na pesca e indústria de transformação a ela ligada. Aliás, a grande maioria da mão-de-obra nos barcos de pesca de New Bedford é Portuguesa ou Luso-descendente.
Muitos, agora reformados, acabaram por voltar, deixando lá os seus filhos que entretanto, constituíram família, obtiveram mais ou menos sucesso profissional e voltam apenas ocasionalmente a Portugal para matar saudades da família, essencialmente no Verão, entre a Festa de São Pedro e o final de Agosto.
Por altura da festa, com a tradição (infelizmente a desvanecer) de meter as bandeiras na varanda, é comum ver-se lado a lado as bandeiras de Portugal e dos Estados Unidos.
Casos de famílias separadas pelo Oceano Atlântico não faltam na Cova gala.
É nessa altura do ano que a população da Cova Gala mais cresce, com o retorno dos emigrantes da América, Canadá, mas também de outros países da Europa, França, Luxemburgo, Holanda...
Há igualmente exemplos de quem foi e acabou por voltar, por vontade própria, falta de adaptação ou ao abrigo de processos de extradição colocados pelo Governo dos Estados Unidos. Como dizem os americanos, e a meu ver bem, “Love it or Leave it”. Quem quer trabalhar, tem boas oportunidades de ganhar dinheiro e viver bem, quem não quer, … nem por isso.
Actualmente, o fluxo de emigração de Covagalenses para os Estados Unidos ainda existe, apesar de ter abrandado bastante, talvez um pouco por culpa das rígidas condições impostas pelas leis americanas.
Entre conversas de Covagalenses é comum aparecer o nome da cidade de New Bedford, o mesmo acontecendo em New Bedford com o nome Cova Gala ou Figueira da Foz.
Esta ligação justifica a existência de um protocolo, de geminação entre as duas cidades, assinado em Abril passado, aquando da visita do Presidente da Câmara Duarte Silva a New Bedford.
A todos os emigrantes portugueses nos Estados Unidos, e em especial aos de Massachusetts, um Grande Abraço.

Comments on "New Bedford - Portugal na América"

 

<Blogger JAM said ... (4:46 da tarde) : 

New Bedford tem laços fortes com a Cova-Gala. Esta breve história documentada mostra bem como tudo começou. A comunidade lusa-americana lá residente não deixa morrer as nossas tradições e comemora o Dia de Portugal, as festas populares etc. Podemos dizer que New Bedford é um mini Portugal na costa leste dos EUA.

 

<Blogger Marco MR said ... (9:04 da tarde) : 

Belo servico de informação e bom tempo empregue por quem ler. Mais importante q dizer simplesmente mal é informar, Criticar( positiva ou negativamente mas com intuito de ajudar e nao de destruir).
Excelente serviço de Blog.
Já agora s:Pedro como todos sabem e a maior aldeia do mundo pois tem mar; dois rios; uma ilha e ainda uma colonia nos estados unidos.LOLOLOL

 

<Blogger Marco MR said ... (9:04 da tarde) : 

Belo servico de informação e bom tempo empregue por quem ler. Mais importante q dizer simplesmente mal é informar, Criticar( positiva ou negativamente mas com intuito de ajudar e nao de destruir).
Excelente serviço de Blog.
Já agora s:Pedro como todos sabem e a maior aldeia do mundo pois tem mar; dois rios; uma ilha e ainda uma colonia nos estados unidos.LOLOLOL

 

<Anonymous LFD said ... (3:30 da tarde) : 

E Marco, para o ano já sei...
não sou emigrante
e
não sou americano
e
não sou portugues
e
não sou Figueirense,Cova'Galense e por ai fora...
SOU COLOLISTA

 

<Blogger Ricardo said ... (4:50 da tarde) : 

És Colonizador, agente infiltrado da Máfia da Cova Gala nos Estados Unidos.
Abraço

 

<Blogger Maria Ribeiro said ... (5:44 da tarde) : 

ADORO vir ao teu espaço...saber a história dessa parte da América que recebeu os portugueses de braços abertos...Voltarei!
UM beijo de Mª ELISA
( http://lusibero.blogspot.com)