Movimento Parque Verde

Assina a Petição

 

 

 

segunda-feira, maio 29, 2006

"Os Portugueses deviam estar envergonhados..."


O conhecido e grande homem de negócios Jack Welch veio a Portugal e numa conferencia esgotada, falou do modo como Portugal é visto no estrangeiro
Aconselho todos a ler este artigo
http://www.negocios.pt/default.asp?CpContentId=276713

Comments on ""Os Portugueses deviam estar envergonhados...""

 

<Anonymous Anónimo said ... (12:30 da tarde) : 

ia esta apresentação....

 

<Anonymous Bukáje said ... (2:31 da tarde) : 

O Sr. Jack Welch não quis, ou não teve coragem de dizer que, quem deve estar com vergonha são os políticos (detesto os politicos!!!).
Mas porquê os Porugueses? Afinal de contas no país desse Sr. e por todo o mundo em geral os Portugueses são sempre bem vistos e competentes e só aqui é não servem?
Mas o povo gosta desta "democracia ?" e por isso nas próximas eleições lá iremos todos colocar o papelinho, para sermos dirigidos pelos mesmos senhores ou outros iguais a estes, para nos continuarem a dizer que devemos estar envergonhados. O que ele devia ter dito também é que somos masuquistas...

 

<Blogger Ricardo said ... (4:32 da tarde) : 

Os portugueses, salvo algumas excepções, emigram e vão fazer o trabalho que outros, nesses países, não querem fazer. Da mesma maneira acolhemos emigrantes que fazem o trabalho que os portugueses não querem fazer (mas que no estrangeiro já fazem). Os portugueses em geral são superprodutivos no estrangeiro mas cá em portugal estão-se nas tintas. Não acredito que todos os politicos e empresários ao longo de 30 anos de democracia sejam incompetentes. Um dos problemas graves deste país é muita gente ainda sofrer de "Esquerdite Aguda" e achar que o Estado tem de acudir a tudo. Os subsidios por tudo e por nada, os rendimentos minimos etc... foram um incentivo à estagnação. Os Portugueses são trabalhadores de excelencia, basta quererem. É preciso ambicionar mais do que ser funcionário público e ter um emprego das 9 às 5 e aí os portugueses em Portugal deixam muito a desejar.

 

<Anonymous Anónimo said ... (6:04 da tarde) : 

sou gay

 

<Anonymous Bukáje said ... (10:19 da tarde) : 

Defacto é verdade. Pedem-se subsídios porque não chove e à falta de água. Depois pedem-se subsidios porque choveu de mais e também provocou estragos.
Mas quem incentivou este comportamneto foram os politicos (detesto os politicos !!!)após uma célebre data que aconteceu há alguns anos atrás.
Aliás os "defensores do povo", desde os esquerdistas urbanos do BE até ao grupo de amigos que se degladiam em reuniões que fazem às vezes em Leiria e outras vezes na Batalha, todos eles incentivam o mal dizer e princípio do "bota abaixo". E depois o "povo" imata-os.
Isto é mesmo um regime tribal.
Nos países civilizados e avançados, como os nórdicos, por exemplo, quando uma pessoa no seu trabalho tem uma ideia boa, os colegas pensam e usam a imaginação para conseguirem ter uma ideia ainda melhor. Em Portugal, seguindo o exemplo dos novos "donos" do país, quando acontece alguém ter uma boa ideia, começam os outros a pensar: o que é que eu tenho de fazer para "tramar" aquele tipo porque já está a ter algum protagonismo com a ideia dele. Isto é a realidade.
Assim, enquanto houver esta maneira de pensar o país não vai a lado algum, ou pior, afunda-se cada vez mais.
Para o próximo ano está previsto entrarem para a UE dois países mais atrasados porque estiveram durante muitos anos debaixo das "patas" terríveis da URSS. Dentro de poucos anos passarão à nossa frente, mesmo com o "choque tecnológico" (o que é isso...???)do nosso PM.
Oxalá em me engane.

 

<Blogger JAM said ... (9:39 da manhã) : 

Totalmente de acordo também. O mal deste país é de não gostar de trabalhar na generalidade porque é mais fácil esperar pela ajuda do estado do que prevenir a falha. A função pública e eles têm de ouvir porque as verdades têm de ser ditas, é a grande entrave ao crescimento económico. Vamos às finanças, correios, tribunais, bancos, etc. e vimos muito bem o que se passa... para além de serem muitas vezes antipáticos com o público, não fazem nada durante um dia inteiro. É esperar que o tempo passe de manhã até à hora de almoço e depois contar o que falta até ao fim do dia, e se o patrão não vir sai-se mais cedo ainda, para ir para a praia que é bem melhor! Porque será que a Suécia, Noruega, Finlândia são países altamente qualificados e ricos? já não queria que olhássemos tanto para cima porque pode alguém torcer o pescoço! Podemos ser maiores e melhores basta querermos mas não é fácil com este olhar português que quer pouco neste mundo. Quanto a isso nada a fazer... cada povo tem aquilo que merece sempre ouvi dizer.

 

<Anonymous Bukáje said ... (10:00 da manhã) : 

Já no tempo do Império Romano, um general que o Imperador tinha mandado para a Lusitânia, escreveu ao César que estava em Roma, dizendo-lhe:
"Este povo é muito estranho, porque não se governa, nem se deixa governar".
Portanto José António, isto é um problema histórico e cultural. Depois veio o ouro do Brasil e aí com D. João VI acentuou-se o desgoverno total.
Afinal de contas só tivémos um rei a sério que foi o grande D. João II. Pena foi que o primo, D. Manuel I e os seguintes não tivessem aprendido com ele.
Eu tenho muita pena que não se fale mais do grande D. João II.

 

<Anonymous Anónimo said ... (8:58 da tarde) : 

Hi! Just want to say what a nice site. Bye, see you soon.
»

 

<Anonymous Anónimo said ... (5:39 da tarde) : 

I find some information here.

 

<Anonymous Anónimo said ... (2:25 da tarde) : 

Great site lots of usefull infomation here.
»

 

<Anonymous Anónimo said ... (6:58 da tarde) : 

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»