Movimento Parque Verde

Assina a Petição

 

 

 

terça-feira, julho 25, 2006

Alguem reconhece a minha cidade?!!!


Deparei-me hoje, quase em Agosto, que a Figueira já não é o que era há uns anos atrás!
Bem, já tinha reparado nisso, mas hoje foi deprimente.
Onde está a Figueira superlotada de gente, a animação nocturna, o cheiro a verão?Um gajo sai de casa já para cima das 23h00, vai até à zona do Picadeiro, Império, Gloss e não só arranja mesa na esplanada como tem que escolher qual a mesa que quer ocupar. lido isto há quem diga, "Maravilha", eu digo "Meu deus, ao que isto chegou".
Estive sentado cerca de hora e meia e a rua não encheu, não aparecia ninguem interessante e vi-me obrigado a mudar de poiso, até que acabei por vir para casa.
Razão para isto? CRISE ECONOMICA é a primeira resposta que vem à cabeça de qualquer um.
Não há Mundialito, não há Carnaval Eléctrico, não há nada!Dizem os politicos que não há dinheiro.Mas o que será da Figueira se não apostar no turismo e na animação de verão? Certamente regressará à travessia do deserto da era pré-Santana. Qualquer economista diz que sem investimento não há retorno e não fazer nada tem como consequencia a degradação da economia.
A Figueira vive e sempre viverá do turismo. Não adianta tentarmos nos enganar a dizer que seremos uma potencia industrial e que o porto comercial é o futuro. Nada disso.
A Figueira é uma cidade turistica!
Logo, há que investir no turismo, há que trazer eventos para cá, que chamam as pessoas e colocam esta linda cidade nas bocas da Comunicação Social.
Costuma-se dizer que "Quem não aparece esquece".
Pessoas vinham à Figueira atraidas pelo Mundialito, Carnaval Electrico, animação nocturna, espanholas sedentas de sexo e voltavam porque ficavam com uma boa impressão.Se agora vêm cá e nada mais há que não seja praia e sol provavelmente no futuro vão ponderar melhor o destino de férias, se calhar para onde há menos vento e a água é mais quente.
Bem, as espanholas sedentas de sexo provavelmente continuarão a vir pelos bons serviços prestados.
Os politicos e demais pessoas com responsabilidades têm que ter consciência da realidade,com alguma visão de futuro, porque o que se aproxima é um verão dos primeiros 15 dias de Agosto e pouco mais.
Como disse um dia o nosso anterior Presidente (o da Republica e não o do Benfica), "Há vida para além do Defice".
Quero ver de novo a minha cidade triplicar a população de verão, quero um verão activo de pelo menos 2 meses e quero voltar a ver grandes eventos e imagens da Figueira na Televisão.
Nos tempos que correm Marketing é tudo!

Comments on "Alguem reconhece a minha cidade?!!!"

 

<Anonymous Tony das bifanas said ... (2:21 da manhã) : 

Pois é rapaz, mas quem cá vem e não volta é por uma razão. Antes dizia-se assim: A Cascais, uma vez e nunca mais...
Na Figueira passa-se o mesmo. A industria dos comes e bebes está na mão de aldrabões e exploradores.
Pouco ou nada sabem de cozinha, mas de facturar e esfolar patos, sabem eles. Se houvesse uma inspecção sanitária a sério, era desde as cozinhas e Wc's, passando pelos géneros, carnes e peixes com idade para serem avós do Celacantum, máquinas registadoras para inglês ver e um lápis grosso prás contas fazer.
É cada conta de assustar.
Comparar o serviço+qualidade da comida+tamanho da dose com a factura apresentada é um acto de terror. Com gente desta que quer "trabalhar" dois meses para ficar a descansar dez, não vamos lá. As poucas e honrosas excepções também são vítimas destes oportunistas sazonais.
Esta gente só pensa no imediato e não pensa no futuro ou na continuidade. Vale tudo, fazendo-se autênticos assaltos aos incautos (cada vez menos, como se vê) que por cá vão aparecendo.
Eventos "culturais" trazem alguns, que assim que assentam o rabinho numa cadeira de qualquer "restaurante" para repor energias e saborear a "deliciosa cozinha regional" à base de massa com restos de peixe são aliviados de boa parte da "massa" que tinham predestinado a outras coisas. Assim sendo, ala que se faz tarde.
Adapta-se a frase de Cascais à Figueira: à Figueira? Uma vez e nunca mais...

 

<Anonymous Calceteiro Maritímo said ... (10:06 da manhã) : 

colocar só e apenas nas mãos da autarquia a divulgação e propaganda da Figueira é redundante então e a iniciativa privada...que tem feito ela em prol do assunto...Observe-se! Quanto á frase " espanholas sedentas de sexo" isso era nos tempos do saudoso "Pinanas" e do seu "Palhinhas" para animar os parolos que gostavam de miragens...agora "sopeiras e peixeiras havia muntas na Figueira...essa é que era essa...Será que as portuguesas que vão para Espanha...também partem para aquelas bandas "sedentas de sexo"! E quantas brasileiras não existem hoje igualmente "sedentas de sexo" na Figueira? pelos anúncios não me parece que exista falta de "comércio" dito "do sexo" e então acompanhadas de trios "eléctricos" Hum...

 

<Anonymous Vitinho (do Bank of Portugal said ... (2:18 da tarde) : 

E os maus cheiros e a mosquitada?
O pessoal anda sem dinheiro e aqueles que iam e vinham todos os dias já não o fazem ficando-se pelas praias fluviais das suas regiões. Merda por merda, antes querem a deles.
E convém não esquecer que grande parte dessa população está sem trabalho estando por isso com maiores encargos e sem folga económica para mais nada.
O mal é geral.

 

<Anonymous Figueira Viva said ... (2:31 da tarde) : 

Só para consolo dos demais estimados bloggers e seus aficionados, a Praça de touros da Figueira vai receber no próximo dia 6 de Agosto a I Corrida de Touros RDP. Não faltem! Vamos promover o que temos de bom, tudo o que nós temos mas desconhecido aos olhos dos de fora!

 

<Anonymous Tony (da TMN) said ... (3:16 da tarde) : 

Essa corrida é em homenagem ao novo reformado da RDP, Sr. Manel Alegre?
Se for, vou já comprar bilhete, é já a seguir!

 

<Anonymous Cá da terra! said ... (7:08 da tarde) : 

pois, os investidores privados tb não se chegam à frente! lá isso é verdade.
Mas por acaso a Figueira não tem um organismo denominado "Figueira Grande Turismo" que se deveria ocupar desses assuntos? O que faz essa gente?
Nada é a resposta. é tudo uma cambada de chupistas, tachistas e demais istas.
Essa Associação que deveria trabalhar em prol da Figueira, promovendo-a, Vive à custa da Figueira.

 

<Anonymous Figueira Viva said ... (7:25 da tarde) : 

A Corrida é totalmente da responsabilidade da Figueira Grande Turismo. Cuidado com as eresias, mas eu compreendo, está-se sempre a aprender! Pensem antes de falar e/ou escrever!

 

<Blogger Ricardo said ... (10:05 da tarde) : 

Comparar a Figueira com Cascais é como se costuma dizer, "comparar o cú com a feira de março". Não tem a minima comparação. Na Figueira não noto que o serviço e os preços nos restaurantes sejam respectivamente pior e mais caros que outras zonas turisticas que conheço e frequento, nomeadamente Praia da Barra, Mira, Tocha. Mas obviamente que devem haver casos de abuso, como em todo o lado.
A menção a espanholas foi feito com o intuito de dar voz a algumas conversas de café que vou ouvindo por aí, mas concordo que actualmente devem ser mas brasileiras, apesar de conhecer outras bastante portuguesas e de cá.
As touradas sempre foram um cartaz no verão da Figueira,pelo menos uma vez por ano, que devem continuar, pois são parte da cultura portuguesa e apraz-me saber que a FGT está empenhada em mante-la.
Como já por varias vezes mencionei neste blog, apesar de serem admitidas todas opiniões por mais diferentes que sejam, comentários insultuosos apenas com intuito de destruir e não construir não levam a lado nenhum. O sr "cá da terra" deveria informar-se melhor antes de tecer os seus comentários, apesa de, de certo modo compreender essa opinião. De facto, como disse no post, não se tem visto este ano grande investimento no sentido de, com eventos, chamar as pessoas à Figueira. Será da Crise? talvez, mas em tempo de crise é tão ou mais importante investir.

 

<Anonymous Cá da terra said ... (10:49 da tarde) : 

ok, mas só alguns inteligentes devem saber o que a Figueira Grande Turismo anda a fazer porque um gajo normal não vê nada.
Por curiosidade fiz uma pesquisa na net e no site da figueira grande turismo(http://www.figueiraturismo.com/), e dá a impressão que o unico turismo da figueira se passa no C.A.E. Vão ver

 

<Anonymous Dino said ... (11:28 da tarde) : 

É pois. E de resto, comparar a Figueira com Cascais é desajustado. Cascais fica a perder por estar no mesmo lote.
O Sr Gyatin deve saber do que fala pois logo emenda e põe a Figueira no lote da Praia da Barra e Tocha. Assim está bem.
Mas não desanimem, pelo caminho que isto leva, cada ano vai ser pior. A Figueira tem Hoteis onde o Turismo Sénior vem dormir e tomar o peq.almoço nas suas viagens até Fátima, Nazaré e Lisboa.

 

<Blogger NUNO SOARES said ... (1:11 da manhã) : 

É? Tantas vozes de discrepãncia e comodismo, ser homem também é ser prestável, nunca desdenhar o que latenta inveja! Vamos todos passar das palavras á acção, não fiquem especados a sussurar ao vento, já basta este país estar nas mãos de colectores egoístas, só nos unindo conseguiremos mudar o que está mal, começando na nossa própria redondeza.

Agora mesmo acabei de dar o exemplo!

Um Abraço!

 

<Anonymous Anónimo said ... (12:09 da manhã) : 

Se me permitem, até porque este post deu origem a comentários sobre a tourada, eu gostava de dar publicidade a um nobre acto de valentia que presenciei quando assistia, via TV, à ultima corrida na Povoa do Varzim.
Não sou defensor nem contra as touradas nem isso agora interessa para nada.
O que importa e muito é que, na dita corrida de touros, houve um que se notabilizou pela sua bravura. Não fosse ele nobre e bravo não teria, porventura, dado origem quando foi pegado por um grupo de forcados, de que já não me lembro o nome, a um acto de abnegação entrega e coragem como eu há muito não via. O jovem forcado da cara é sacudido uma primeira vez e levantado do chão tamanha a força da cornada. Levanta-se e, face à investida do touro, o pega sendo de novo violentamente volteado caindo, desta vez, inanimado. Antes que o touro o atingisse, quiçá, definitivamente, eis que outro jovem do grupo se deita por cima protegendo com o seu próprio corpo o amigo inanimado e recebe ele a violenta cornada que os projectou a ambos pelo ar.
Ali percebi que afinal este país não pode estar tão mal como o pintam quando é pátria de tal juventude que tão nobre exemplo ali deu.
Basta uma destas num milhão para se acreditar.
Um vosso amigo.

 

<Anonymous Bukáje said ... (9:34 da manhã) : 

Parabéns ao último comentário.
Dá gosto ler este tipo de escrita. Infelizmente aparece por vezes um ou outro comentário pouco digno, com uma linguagem pouco própria e até ofensiva.
Apelo a todos que têm o "vicio" de "espreitar" este "blog" no sentido de nos respeitarmos e sobretudo colaborarem com o José António e com o Nuno Soares, para conseguirmos (estou a falar no plural) ter um "blog" como deve ser. Podemos e devemos ter opiniões diferentes, sempre que seja necessário, mas há muitas maneiras correctas de dizer a mesma coisa.
Tenho a certeza que vamos conseguir.

 

<Anonymous Anónimo said ... (2:32 da manhã) : 

Here are some links that I believe will be interested

 

<Anonymous Anónimo said ... (1:31 da manhã) : 

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

 

<Blogger Alex Snark said ... (5:17 da tarde) : 

Pois é...
Também sou daqui e voltei há pouco tempo para cá...

E acho que a razão do verão estar tão fraco é do pessoal daqui.

Primeiro não sei onde o pessoal foi buscar que tem que viver à rica e, depois, mas onde foram buscar os preços que cobram (hotelaria e restauração)... ?!?! mas quem é que vai pagar o mesmo que pagaria no Algarve para ter esta àgua fria?